Filme com gostinho de infância


E aqui está mais uma adaptação da literatura! O jardim Secreto é um livro infatojuvenil e foi escrito por Frances Hodgson Burnett em 1911. Foi também considerado um dos mais importantes de seu gênero no século 20. A obra narra as aventuras da Órfã, Mary que chega da Índia para morar com o tio viúvo em uma propriedade rural da Inglaterra. Segundo a sinopse, a princípio, deslocada naquele imenso casarão, a menina, aos poucos, explora os arredores e encontra o jardim secreto, onde depara-se com uma natureza exuberante. A partir daí ela redescobre o amor, faz vários amigos e ainda devolve ao primo a alegria de viver. O filme tem previsão de lançamento para o dia 16 de abril de 2020.

A seleção - Kiera Cass


Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama. Abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe - e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar. 


Editora: Seguinte / Ano: 2012 / Gênero: distopia / Paginas: 308
Compre o seu: AQUI      Classificação:  5/5

Já tinha um tempo que ouvia falar do livro “A Seleção”. Então, em um belo dia decidi que iniciaria a leitura deste livro. Para isso, fui a livraria e o comprei. Ao chegar em casa iniciei a leitura e advinha? Fui surpreendida e mergulhei de cabeça na história. Resultado: No dia seguinte voltei a livraria para comprar a continuação, pois já havia terminado e precisava urgentemente do próximo! Por aí, vocês já sabem que a leitura foi boa, né? Então vamos logo para a resenha!


Sempre foi você - Ana Lemos

Sinopse: Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga, Anna. O amor parecer não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos. No entanto, essa linda e inteligente mulher será surpreendida por uma 'forcinha do destino' ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão de curso. Marco Salvatore é uma lenda dos tribunais, (...) porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos. O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fará Lucy acreditar que pode viver um grande amor? 

Editora: Pandorga / Ano: 2015 / Gênero: romance / Paginas: 224
Compre o seu: AQUI       Classificação:  3/5

Confesso que assim que li a sinopse desse livro, eu o quis. Então iniciei a leitura sob a expectativa de ser um romance doce e arrebatador. Mas eu não imaginava que a sensualidade estivesse tão presente no enredo quanto se mostrou, o que me surpreendeu!

Definitivamente, este livro é proibido para menores de 16 (dezesseis) anos de idade. Apesar de ser um romance aparentemente bonito e apaixonado, a autora explorou a atração do casal ao máximo. Acredito que este fato não tenha decepcionado aqueles que gostam de um romance mais erótico, pois a sensualidade se destacou na história e esteve presente a cada capítulo do livro. 

[Resenha] O despertar do príncipe - Collen Houck #25

Sinopse: Aos 17 anos, Liliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar-se adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia ― na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth.

Editora: Arqueiro / Ano: 2015 / Gênero: aventura e romance / Paginas: 384

Compre o seu: AQUI        Classificação:  4 (quatro) Estrelas! 


O despertar do príncipe, da autora Colleen Houck, é o primeiro volume da série Deuses do Egito. Possui um enredo repleto de aventura e mitologia egípcia, com um ar de mistério e romance, e uma protagonista forte e inteligente. No geral, o livro é narrado em primeira pessoa, por Liliana Young, uma jovem rica de 17 anos, que mora em um hotel com os pais. Ainda que sejam muito ausentes, os pais de Lily ditam as regras que ela deve seguir, e em troca de seu “bom comportamento”, ela recebe uma mesada generosa. Apesar de viver sendo controlada/comprada pelo pais, Lily é uma jovem que possui sonhos, almeja a liberdade, poder ser dona do próprio destino, viver um grande amor e aventura. Ela não decidiu sobre a faculdade que vai cursar, mas sabe que não quer depender dos pais para sempre. Porém, a aventura que ela tanto deseja começa, quando em uma sessão egípcia de um museu de arte, Liliana se depara com Amon, um príncipe do Egito que saiu de seu sarcófago, após despertar de um sono de mil anos. 

#01 Respondendo TAG.


Boa tarde, pessoal!

Neste domingo eu trouxe uma nova tag literária para vocês, que é original do blog "perpetualpageturner.com". Acho muito interessante a proposta das tags literárias, uma vez que através das respostas podemos descobrir mais autores e livros!

Então, se estão curiosos(as) para saber minhas respostas e eventualmente descobrir outros para ler, confiram a tag logo abaixo:


Autor(a) favorito(a):

Já li muitos autores e não consigo ter apenas um autor(a) favorito(a). Mas a minha mais nova autora favorita é a Sarah J. Maas.

Bebida favorita durante a leitura:
Café.
Topo