[Resenha] O despertar do príncipe - Collen Houck #25

Sinopse: Aos 17 anos, Liliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar-se adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia ― na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth.

Editora: Arqueiro / Ano: 2015 / Gênero: aventura e romance / Paginas: 384

Compre o seu: AQUI        Classificação:  4 (quatro) Estrelas! 


O despertar do príncipe, da autora Colleen Houck, é o primeiro volume da série Deuses do Egito. Possui um enredo repleto de aventura e mitologia egípcia, com um ar de mistério e romance, e uma protagonista forte e inteligente. No geral, o livro é narrado em primeira pessoa, por Liliana Young, uma jovem rica de 17 anos, que mora em um hotel com os pais. Ainda que sejam muito ausentes, os pais de Lily ditam as regras que ela deve seguir, e em troca de seu “bom comportamento”, ela recebe uma mesada generosa. Apesar de viver sendo controlada/comprada pelo pais, Lily é uma jovem que possui sonhos, almeja a liberdade, poder ser dona do próprio destino, viver um grande amor e aventura. Ela não decidiu sobre a faculdade que vai cursar, mas sabe que não quer depender dos pais para sempre. Porém, a aventura que ela tanto deseja começa, quando em uma sessão egípcia de um museu de arte, Liliana se depara com Amon, um príncipe do Egito que saiu de seu sarcófago, após despertar de um sono de mil anos. 

#01 Respondendo TAG.


Boa tarde, pessoal!

Neste domingo eu trouxe uma nova tag literária para vocês, que é original do blog "perpetualpageturner.com". Acho muito interessante a proposta das tags literárias, uma vez que através das respostas podemos descobrir mais autores e livros!

Então, se estão curiosos(as) para saber minhas respostas e eventualmente descobrir outros para ler, confiram a tag logo abaixo:


Autor(a) favorito(a):

Já li muitos autores e não consigo ter apenas um autor(a) favorito(a). Mas a minha mais nova autora favorita é a Sarah J. Maas.

Bebida favorita durante a leitura:
Café.

[Resenha] Um reino de sonhos - Judith McNaught #24

Sinopse: Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia. Quando seu irmão, Stefan, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas de um lorde escocês, do convento onde vivem, as vidas de Royce e Jennifer se entrelaçam. Ele, um poderoso guerreiro que já ganhou muitas batalhas, não vê a hora de encontrar uma mulher que o amará pelo homem que é, não pelo medo inspirado por sua lenda. Ela, uma jovem rebelde em busca do amor e da aceitação de seu clã, mesmo na condição de prisioneira, não se deixa abalar pela fama de seu arrogante captor.
Conforme os conflitos entre os dois se tornam mais frequentes, a urgência de se entregarem um ao outro só aumenta. Certa noite, quando ele a toma apaixonadamente nos braços, desperta nela um desejo irresistível. Mas, se Jennifer seguir seu coração, perderá tudo aquilo pelo que vem lutando e jurou honrar.


Editora: Bertrand Brasil / Ano: 2018 / Gênero: romance histórico / Paginas: 378 

Compre o seu: AQUI        Classificação: 5 Estrelas!


Um reino de sonhos é o romance que inaugura a série da Dinastia Westmoreland escrita por Judith McNaught. Neste primeiro livro, a história se passa no ano de 1497, tendo como foco a personagem Lady Jennifer Merrick, uma jovem escocesa, que apesar de ser a única filha biológica do Lorde Merrick, chefe de um grande clã da Escócia, está trancada em um convento por não se comportar como mandam os “bons costumes” da sociedade.

Eu fiquei admirada com a Jennifer! Ela é bastante jovem e ainda assim possui uma personalidade forte, leal, sincera e intensa. Personalidade esta, que não é oprimida pelo fato de ser mulher e ter que viver numa sociedade retrógrada e machista. A força de vontade e a coragem estão tão enraizadas em Jennifer que a tornam ainda mais “rebelde” e obstinada, e isso faz com que ela não desista dos próprios desejos e não se intimide diante das dificuldades, nem quando é sequestrada e entregue ao Lobo Negro, inimigo declarado de toda a Escócia.

[Resenha] O sonho do tigre - Collen Houck #23

Sinopse: Aguardado último livro da série A maldição do tigre, que teve direitos vendidos para a Paramount Pictures. Colleen Houck já vendeu mais de 700 mil livros pela Editora Arqueiro. Um passado de solidão. Um futuro de mágoa e abandono. E a possibilidade de mudar tudo, desde o começo. Com a derrota do feiticeiro Lokesh, só parecia restar ao príncipe Kishan Rajaram passar a eternidade cumprindo a promessa de proteger a linda e irascível deusa Durga. Preso no passado, ele sofre depois que seu irmão, Ren, e Kelsey, a garota que ambos amam, voltam ao presente e começam a viver o seu “felizes para sempre”. Então, quando o xamã Phet aparece pedindo sua ajuda para salvar Kelsey, Kishan agarra a oportunidade com unhas e dentes, disposto a voltar atrás na sua decisão de ficar no passado e assim mudar seu destino. O tigre negro está prestes a descobrir que aquilo que parece o fim pode ser apenas um recomeço... Com um desfecho extraordinário, a autora Colleen Houck apresenta neste quinto volume uma visão completa da empolgante saga dos tigres. Numa complexa teia de viagens pelo tempo, Kishan e Durga concluem, entre idas e vindas, uma tarefa após a outra para garantir que a linha traçada para o destino da humanidade seja cumprida – o tempo todo lutando contra a tentação de interferir e redesenhar o futuro. “A maneira como Colleen tece a cultura indiana, o hinduísmo e o conto de fadas criado por ela, transformando-os em uma história de amor repleta de ação, é arrebatadora.” – blog Hollywood Crush, MTV.com “Uma montanha-russa do começo ao fim: este livro tem ação, história, poesia, romance, magia, tudo que você poderia querer. Um livro com tanta paixão e emoção que você não será capaz de largá-lo.” – RT Book Review “Colleen Houck claramente foi fundo em suas pesquisas sobre a cultura indiana e, com isso, criou descrições detalhadas capazes de fazer os leitores visualizarem os cenários da história com perfeição.” – School Library Journal.
Editora: Arqueiro / Ano: 2018 / Gênero: fantasia e romance / Paginas: 608 

Compre o seu: AQUI        Classificação: 5 Estrelas!


Eu desejei este livro desde que a autora anunciou a sua publicação. Felizmente, não demorou para lançá-lo no brasil, e assim que tive a oportunidade, o adquiri. Minhas expectativas para com esta história eram muito altas! Confesso que a autora não me decepcionou e trouxe ainda mais do que eu esperava.

O sonho do tigre veio para fazer o desfecho da história de dois personagens fortes e de demasia importância na saga do tigre, de Collen Houck. Eu fiquei muito feliz em ver a preocupação da autora em amarrar as pontas soltas que deixara na série, a qual conseguiu criar nexo com os acontecimentos dos livros anteriores e trouxe explicações, que em meio a carga dramática do livro, são absolutamente coerentes.

NOTA EXPLICATIVA!

Bom dia, leitores! 

Venho por meio deste poste, comunicar que à partir de hoje, o blog está de volta ao ar.

Felizmente, as inesperadas problematizes que nos impossibilitaram seguir adiante com o blog, passaram! Sentimo-nos renovadas, e prontas para voltar com as publicações, resenhas e nossas amadas promoções.

Hoje ainda, vai sair resenha quentinha!

Abraços e até mais.
0/
Topo