[Resenha] A Maldição do Tigre - Colleen Houck #06


Sinopse: Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor? Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.


Autora: Collen Houck | Editora: Arqueiro | Gênero: Ficção e Romance | Páginas: 282
Classificação: +5 estrelas!

Aqui você se depara com um romance de arrancar suspiros e tirar o folego! Me apaixonei pela história mais do que quando li Crepúsculo. A autora descreve tão bem o cenário, o sentimento dos personagens que eu realmente me sentia na Índia, me sentia dentro do livro a cada capítulo, a cada página. O livro conseguiu fazer uma coisa que eu raramente faço enquanto leio, meus sentimentos estavam tão ligados à história que chorei.

Kelsey Hayes é nossa protagonista, uma garota simples, dedicada e humana. Entendi que a insegurança apresentada nela, foi causada pela grande perda em sua vida. Contudo, ela não se mostrou uma garota dramática que fica se lamentando e fazendo de vítima o tempo todo, pelo contrário, ela foi muito forte, destemida e correu atrás do que queria com garra.  


Assim que termina o colegial Kelsey está sem recursos (R$) para entrar na faculdade. Apesar da família adotiva ser gentil, não são ricos, tem mais dois filhos e as condições para custear a faculdade de Kelsey estão baixas. Neste momento, Kelsey precisa arrumar um emprego, e é isso que ela faz, consegue um emprego temporário (de duas semanas) em um circo que seria o tempo de estadia do circo na cidade. O serviço lá não era para qualquer um, além de ficar na bilheteria e alimentar alguns animais, ela ainda tinha que limpar toda a bagunça no termino do Show. Não acredito que eu daria conta de tanto! E é graças a esse trabalho que ela tem contato com o tigre Ren, uma fera de pelagem branca, e olhos azuis cobalto intensos. 

"Aqueles olhos eram hipnóticos. Eles se fixaram em mim, quase como se o tigre estivesse examinado a minha alma."


Desde o primeiro momento Kelsey enxerga a solidão nos olhos do tigre, ela entende essa parte, pois também se sente solitária. Assim, ela se aproxima do animal, começa por alimentá-lo, depois conversar com ele, logo ela está lendo poemas e Romeu e Julieta durante as madrugadas. Não querendo que ele se sinta mais sozinho, Kelsey deseja também que Ren seja livre. Então, quando aparece um senhor, que diz que quer devolver o tigre às matas de origem, e convida Kelsey para ajudá-lo por algumas semanas e por um preço bastante generoso, ela aceita, e embarca para a Índia junto do Senhor que se chama Kadam e do tigre Ren.

Na Índia, ela se vê abandonada na selva com o tigre, mesmo com medo ela faz de tudo para não perde-lo, para protegê-lo. Assim eles chegam a uma cabana e Ren finalmente se transforme num lindo e irresistível homem.
“O rapaz se aproximou de mim cautelosamente, os braços esticados diante de si, e repetiu:– Kelsey, sou eu, Ren.”
Alagan Dhiren Rajaram é o nosso príncipe, amaldiçoado há mais de trezentos anos por um terrível feiticeiro. Em sua forma de tigre, é lindo, em sua forma de homem, é maravilhoso. 

Quando Ren se transforma em homem pela primeira vez na frente de Kelsey ela quase surta, e com razão. Ele lhe explica sobre a maldição e que agora, graças a ela ele consegue ficar 24 minutos por dia na forma humana, diz que de algum jeito Kelsey rompeu parte da maldição. O príncipe pede desculpas por enganá-la junto de seu velho amigo Kadam, pois eles não estão ali para ele viver para sempre na reserva florestal e, sim para quebrarem de vez a maldição. Simpático e persuasivo, ele consegue convencê-la a ajudá-lo.


Ainda na cabana eles encontram com um xamã chamado Peth, que afirma que Kelsey é protegida de durga (uma deusa indiana), também lhes dá coordenadas para quebrarem a maldição, através de buscas e oferendas para a deusa. E é nesta busca que a jornada e aventura começa.
"Cada ponto em que ele me tocava, eu sentia formigar e ganhar vida. ”
Cada vez que Ren se transformava em humano, de pouquinho a pouquinho ele ia se mostrando, não um perfeito príncipe sem defeitos, mas, um cavalheiro que sabia seduzir e respeitar uma dama ao mesmo tempo.


Eu ansiava mais ainda que Kelsey, pelos vinte e quatro minutos de Ren, por cada aparição dele como homem, não que ele fosse desinteressante como tigre, mas é que eu me apaixonei pelo príncipe Ren. No entanto, Kelsey se sentia bem mais à vontade com Ren na forma de tigre, do que na forma homem, pois ele a desconcertava, ela também estava se apaixonando por ele.
- Você sempre foi uma garota assim teimosa, cega e obtusa? - Está me chamando de burra? - Estou, só que de um jeito mais poético!
As brigas dos dois para mim, foram épicas. Eu ria horrores com o sarcasmo e a ironia que eram jogados e rebatidos de volta.


Não tive vontade de bater em Kelsey, nem em Ren, muito menos em Kishan, o tigre negro... As inseguranças de Kelsey me incomodaram um pouquinho, mas no final eu a compreendi por completo e até a apoiei.

A Maldição do Tigre é o primeiro livro da série da Saga do Tigre da autora Colleen Houck, que conta com mais três livros e um especial. Está recomendadíssimo e já está no topo das minhas ficções favoritas.
“Não creio que meu coração suportasse dizer adeus mais uma vez.”

Um grade abraço e até a próxima! 0/
Por: Geisi.

12 comentários

  1. Olá Geisi, tudo bem?
    Eu sempre via as capas dessa série e as achava maravilhosas, mas não sabia do que se tratava a história. Confesso que fiquei um pouco desapontada ou talvez surpresa por descobrir que o tigre na verdade era um príncipe. Continuarei acompanhando as resenhas dos livros para decidir se quero ou não conhecer esta história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá! Li essa série faz um tempo já, e é impossível não se apaixonar por Kishan e Ren! A história mescla romance, aventura e magia, gostei bastante de ler, pois aprendi mais sobre a Índia, já que o enredo é rico em detalhes sobre a gastronomia e a cultura indiana. Você não teve vontade, ainda, de bater na Kelsey, mas até o final da série você sentirá (muita) vontade de sacudi-la...ela é uma personagem que vai te decepcionando no decorrer da série, apesar disso vale muito a pena ler todos os livros e acompanhar a questão da maldição e todo o desenvolvimento para ter que libertar os tigres.

    ResponderExcluir
  3. Tenho esse livro há uns bons anos na estante...
    E agora, depois de ler sua resenha, fiquei com uma baita vontade de tirar ele de lá.
    Parece ser uma história e tanto. Bem envolvente e apaixonante mesmo.
    Fiquei curiosa e já vou ver os outros exemplares da série pra começar a ler haha
    As capas dessa série são DEMAIS de lindas <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Olha, se tem um livro que me surpreendeu bastante foi esse. Li e fui achando que seria uma coisa interessante, mas acabou sendo bem mais do que imaginei. A ideia da autora, a coisa da cultura e da maldição que ela explorou foi demais! Gosto muito quando livros passam alguma tradição de um país ou coisas assim e com essa série aprendi muito. A personagem, confesso, me irritava algumas vezes. Mas na maior parte do tempo era fácil entender ela mesmo e também ria muito das brigas desses dois e de algumas situações loucas em que se meteram. O Kishan me deixou um tanto pé atrás no começo, ele me passou uma sensação de desconfiança, uma raivinha aqui e ali, mas depois me apaixonei mais por ele do que pelo irmão dele. Sério, melhor personagem da série.
    A aventura só cresce, os cenários são maravilhosamente bem feitos e descritivos e a gente se sente sem fôlego com a jornada deles. Ahh, que série maravilhosa! Gostaria de reler alguma hora *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi, li esse livro no ano passado e amei, a escrita da autora é maravilhosa e assim que comecei segui ate o fim, li tambem o segundo, mas infelizmente não gostei do final do segundo livro e não segui lendo. Eu amo as capas dos livros dela, lindos.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Quando li esse livro também aconteceu a mesma coisa comigo, li esse livro quando estava começando a minha vida de leitora e foi o primeiro livro que chorei, aquela cena do final do livro entre o casal é muito linda, essa foi uma serie que como um todo me conquistou e adorei seus personagens e a cultura que a autora trás !!

    ResponderExcluir
  7. As capas dos dois primeiros livros são lindíssimas, já as dos outros são estranhas. Enfim, leio resenhas diariamente, mas, de fato, ainda não li nada da Colleen Houck. Sei que é ficção, mas achei estranhíssimo Kelsey largar tudo assim pra seguir um homem e dois tigres até a Índia.

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Sempre tive vontade de ler essa série, mas ainda não surgiu oportunidade. Mas estão na lista. Quando leio ótimas resenhas, como a sua, e tão motivadoras a leitura, fico com mais vontade de conhecer esses personagens e história, o mais breve possível.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu ouvi tanto sobre esse livro que nunca parei para ler, já tinha lido algumas resenhas, porém já com segundo e terceiro livro da serie e fiquei confusa com a historia, agora de ler do primeiro livro fiquei curiosa por querer conhecer. Amei muito a serie!

    ResponderExcluir
  10. Eu sou apaixonada por esse livro. Me lembro que li um atrás do outro e fiquei muito brava quando vi que o terceiro livro estava em falta na minha cidade. Tive que esperar entregarem :(
    Até hoje quando leio o final do Destino do Tigre, choro até me desintegrar.
    Tenho certeza de que você vai gostar.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  11. É realmente fascinante ler livros sobre cultura oriental, justamente por abordarem temas que as vezes nem tinhamos ideia de que existiam, ao mesmo tempo em que nos surpreendem por mostrar que os sentimentos das pessoas, em qualquer lugar do mundo podem ser tão familiares aos nossos. Enfim, fiquei com vontade de ler este livro desde a primeira vez que o vi, acho que vou conferir ...

    ResponderExcluir
  12. Eu já li A maldição do tigre, li a série inteira, e em alguns momentos a personagem Kelsey Hayes me incomodou muito,por algumas atitudes dela, não gostei muito da personagem, mas os cenários e as aventuras do livro compensam, gostei muito deste livro e dos demais livros da série.

    ResponderExcluir

Topo