31 maio 2020

O garoto dos olhos azuis - Raiza Varella #31


Sinopse: O príncipe encantado existe? Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.




Editora: Pandorga | Ano: 2014 | Gênero: Romance | Páginas: 352 | Classificação: 4/5 | Compre o seu!


Bárbara é uma garota bem de vida e que está prestes a realizar o sonho de sua vida, casar-se. O que acaba se tornando um pesadelo quando é abandonada no altar e descobre que seu noivo lhe traia com uma de suas melhores amigas. Acostumada a fugir é exatamente isso que ela faz, votando para casa de seus pais. Posteriormente ela vai morar com seus irmãos Gustavo e Augusto - ou se preferirem Mala e Monstro -, e mais dois amigos deles.

"Quando eu tinha 6 anos, fui ao meu primeiro casamento. Olhei para onde ninguém, absolutamente ninguém olhava, nem mesmo a moça de branco. Eu olhei para o rapaz parado ao lado do padre."

Durante a infância, Bárbara foi “salva” num momento de humilhação por um garoto de olhos azuis. Em quem ela deu seu primeiro beijo. Não encontrando-o mais nenhuma vez após a fatídica noite. 

"- Sou a única garota que convive com aqueles quatro. Digo, garota fixa. É um pesadelo, na verdade, e agora simplesmente ganho você de presente. Meio mal-humorada e mal-organizada, mas ainda assim, uma garota."

A estadia dela com os meninos é muito engraçada e gostosa de ser ler, mesmo sendo recheada de intrigas. Ian é o dono do apartamento em que moram, e, acabando virando vítima, pois Bárbara adota o hábito de roubar os sorvetes que ele compra. Em contraste com Ian, Bernardo é mais reservado e muito fofo. Gustavo e Augusto desempenham seu papel na história como sendo "super protetores" e além disso, adoram pegar no pé de Barbára. Ela também torna-se a melhor amiga de Vivian, que é irmã de Ian. As duas se dão muito bem - são duas loucas no final das contas - e isso faz delas cúmplices inseparáveis ficam inseparáveis. 

"Foi quando eu vi estrelas e senti as borboletas dançarem no meu estômago pela segunda vez na minha vida..."

Mas Bárbara carregará no decorrer do livro uma limitação, pois desde que foi abandonada no altar ela não consegue mais confiar nos homens. O livro tem muitas idas e vindas. É possível acompanhar o desenrolar de um lindo romance. E a busca por superação e crescimento dos personagens, apenas torna a história ainda mais envolvente. Afirmo que é um livro que vale muito a pena ler!

Então essa é a minha indicação de hoje para vocês. É uma leitura que vale muito a pena.

Por: Aninha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário